Gualberto e Elinaldo debatem projetos estratégicos para Mata de São João e Camaçari

Em reunião institucional realizada na manhã desta segunda-feira (5), na Prefeitura de Mata de São João, gestores do município e de Camaçari discutiram a criação de projetos comuns, que visam os desenvolvimentos econômico e social das duas cidades.

Os prefeitos João Gualberto e Elinaldo Araújo, além de secretários de ambos municípios, trocaram experiências, expuseram soluções e dificuldades administrativas e vislumbraram o compartilhamento de projetos nas áreas de infraestrutura, turismo, cultura, agricultura e pesca para.

Estavam presentes o vice-prefeito e a secretária de Agricultura de Mata de São João, Bira da Barraca e Adriana Nunes. De Camaçari, estavam os secretários de Agricultura e Pesca, Antônio Falcão, de Turismo, Cristiane Bacelar, e de Cultura, Márcia Tude.

Estrada da Zona Rural ao Litoral – Entre um dos pontos centrais do encontro, estava a discussão sobre a pavimentação asfáltica da estrada que liga as zonas rurais dos dois municípios, à Barra de Pojuca, no Litoral de Camaçari. A estrada beneficiará as duas populações, sobretudo os produtores rurais, na sua maioria agricultores familiares.

“Na semana que vem assinaremos a ordem de serviço para asfaltar quase 8 quilômetros do trecho que liga a Sede do nosso município ao Núcleo JK. De lá até Barra do Pojuca, passando pela comunidade de Baratas, tem cerca de 20 quilômetros, que precisam ser asfaltados”, explica João Gualberto.

De acordo com o gestor, Mata de São João tem interesse de arcar com parte da pavimentação. Elinaldo Araújo viu com bons olhos a cooperação e ficou de analisar com seu corpo técnico a viabilidade do projrto para Camaçari.

Turismo – Os desafios do desenvolvimento turístico foi outro tema do encontro. De acordo com Elinaldo Araújo, Camaçari vem se articulando para que o setor se desenvolva e passe a ser uma das principais atividades econômicas do seu município, assim como é em Mata de São João.

Ambos concordam que ordenar a ocupação urbana é um dos maiores desafios para o desenvolvimento da atividade. Nesse aspecto, Mata de São João avançou muito ao longo dos anos.

Os técnicos de Camaçari também apresentaram um acordo de cooperação que está sendo desenvolvido com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), para apoio técnico, gestão e pesquisa nas áreas de pesca, agricultura e pecuária.