Esvaziada, manifestação dos caminhoneiros na Bahia tem apenas placas e não há retenção nas estradas

Desde muita antecedência, parte das liderança dos caminhoneiros no Brasil tem anunciado uma greve geral da categoria para este 1º de novembro. No entanto, nesta segunda-feira (1º), o movimento é fraco na Bahia. O único local de manifestação é o Porto de Salvador, na Cidade Baixa, onde trabalhadores estão paralisados desde a noite de sábado. Ainda assim, quem trabalha com alimentos perecíveis continua fazendo frete.

Nas estradas baianas não há retenções impedindo a passagem dos trabalhadores, a exemplo do que aconteceu na grande paralisação geral de 2018.

*Metro1