Lauro de Freitas monta Operação Réveillon para fiscalizar e dar suporte à população nas festas de final de ano

A Prefeitura Municipal de Lauro de Freitas montou uma força-tarefa para atuar na “Operação Réveillon”, idealizada para oferecer suporte às pessoas que vão festejar o início do ano novo nos espaços públicos e em eventos privados realizados na cidade. Desta quinta-feira (30) a domingo (02) todas as solicitações devem ser encaminhadas pelo telefone 156, do Centro Integrado de Mobilidade Urbana (CIMU), que coordena a ação.

Caberá ao órgão, vinculado à Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (Settop), filtrar as demandas e encaminhar à pasta responsável. Todas as secretarias irão acompanhar e monitorar, de acordo com a sua área de atuação, as reivindicações da população, conforme destacou o superintendente de trânsito da Settop, Smith Neto.

“Cada um estará em suas demandas ordinárias, mas com uma coordenação única nesses quatro dias. Essa ação centralizada é de suma importância, principalmente neste ano atípico. A união de secretarias vai dar um tempo resposta muito menor para qualquer situação, seja de acidente de trânsito, no calçadão ou na água. Com a união de secretarias a gente vai conseguir dar uma resposta à população de forma mais rápida”, explicou.

Ainda segundo o superintendente, um ponto de apoio será montado na Avenida Praia de Copacabana com uma ambulância, viaturas de trânsito, equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), da Guarda Municipal e da Settop, que dará apoio aos ônibus do transporte público.

“No calçadão, os servidores vão circular para fazer a segurança, por parte da Guarda Municipal. Já os salva-vidas farão a segurança aquática, eles também estarão realizando rondas para evitar qualquer tipo de desconforto e incidente no mar”, contou.

A fiscalização da Sedur vai verificar, nos dois turnos, o cumprimento dos decretos no que diz respeito a questão de capacidade de público, a exigência da carteira de vacinação, alvará de licença, a disponibilização de ambulâncias e saída de emergência, entre outras determinações do decreto em vigor.

As decisões foram tomadas na manhã desta quarta-feira durante reunião da qual participaram todas as secretarias envolvidas. O titular da secretaria de Gabinete da Prefeita (Gapre), Lula Maciel, destacou que o encontro visou amarrar todas as questões de suporte e acompanhamento que, por ventura, venha a ser necessário para o público.

“Seja do ponto de vista de trânsito, da assistência à saúde ou da segurança, em alguns aspectos que cabem a nós, do poder público, temos que estar presentes para atender às demandas sociais”, reforçou.

No período, além do 156 em que os munícipes podem entrar em contato para realizar solicitações, denúncias e tirar dúvidas, outro telefone de auxílio é o 71 3369-3710.

*Ascom