Vereadores de Camaçari se reúnem com representantes do estado para tratar sobre a Ford

Dando continuidade às mobilizações que visam buscar alternativas para diminuir os impactos do fechamento da fábrica da Ford em Camaçari, os vereadores do município participaram de reunião com o secretário de Desenvolvimento Econômico, o vice-governador João Leão, e com o secretário de Relações Institucionais, Jonival Lucas.

O encontro aconteceu na manhã desta segunda-feira (18), em Salvador, e foi resultado de uma solicitação formal feita pelo presidente da Câmara de Camaçari, vereador Júnior Borges (DEM). O presidente avaliou positivamente a reunião e destacou que o Legislativo segue preocupado com os desdobramentos do encerramento das atividades da unidade. “Estamos unidos e com o compromisso de diminuir os impactos negativos da saída da Ford, buscando formas de manter os empregos e também a arrecadação do município. Essa luta é de todos nós”, afirmou Júnior Borges.

O secretário João Leão informou que está com audiência marcada no Ministério da Economia, nesta terça-feira (19). “Estou indo, juntamente com o governador Rui Costa, tratar da possibilidade de trazer uma nova montadora, provavelmente chinesa, para ocupar a planta da Ford em Camaçari. O Estado segue buscando novas parcerias. Temos nos preocupado muito com a geração de emprego e renda. Temos viajado para diversos países buscando novos parceiros comerciais e empresas que queiram se instalar na Bahia”, complementou.

Segundo o secretário Jonival Lucas, o chamado “custo Brasil” e a falta de planejamento econômico no país têm sido cruciais para a perda de investidores e empresas. “Há um receio, por parte das empresas, de investir no Brasil, por conta dessa falta de planejamento que causa instabilidade econômica. Mas aqui na Bahia temos lutado para atrair novos negócios, qualificar nossos profissionais e buscar a melhoria das condições de vida dos baianos”, afirmou.

Para o vereador Dentinho do Sindicato (PT), que também esteve presente na reunião, o desafio de buscar alternativas para o fechamento da Ford é coletivo. “Sabemos que a saída da empresa abala todo o estado, mas Camaçari é que tem maior impacto negativo com esse fechamento. Ficamos satisfeitos em ver a condução positiva do Governo do Estado e estamos à disposição para seguir nessa luta que é de todos os baianos”, declarou.

O vereador Gilvan Souza (PSDB), por sua vez, destacou a importância da criação de um diálogo permanente para discutir melhorias nas relações comerciais e econômicas que possam garantir e oferecer condições favoráveis para atração de empresas e investimentos para o município. “São muitas as dificuldades enfrentadas mundialmente com a pandemia e com as consequências dela para a economia, por exemplo. Mas temos que estabelecer esse fomento à criação de um cenário favorável na nossa cidade e no nosso estado”, concluiu.

Além dos citados, estiveram presentes na reunião os vereadores Val Estilos (Republicanos), Tagner (PT), Professora Angélica (PP), Dilson Magalhães Jr. (PSDB), Dr. Samuka (Cidadania) e Deni de Isqueiro (DEM). O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Waldir Freitas, também acompanhou a comitiva.

*Ascom